qui., 14 de jun. | Centro Cultural Artemis

Clube de Leitura "Ler mulheres, ler a si mesma"

O Clube de Leitura “Ler Mulheres, Ler a Si Mesma” tem como propósito conscientizar sobre a desigualdade de gênero na literatura e mudar esse cenário, levando as obras escritas por mulheres ao conhecimento do público.
A inscrição está fechada
Clube de Leitura "Ler mulheres, ler a si mesma"

Horário e local

14 de jun. de 2018 19:00
Centro Cultural Artemis, R. Dr. Costa Júnior, 216 - Água Branca, São Paulo - SP, 03178-200, Brasil

Sobre o evento

O Clube de Leitura “Ler Mulheres, Ler a Si Mesma” tem como propósito conscientizar sobre a desigualdade de gênero na literatura e mudar esse cenário, levando as obras escritas por mulheres ao conhecimento do público. Falar de livros nunca é falar estritamente sobre eles, mas sobre a vida; ser leitor é ser confidente de uma alteridade expressa em palavras, que deita raízes e promove reflexões profundas e empáticas. A literatura é a coisa mais próxima da vida!

Ler livros escritos por mulheres é conhecer suas vozes, tão silenciadas e subjugadas por muitos séculos. É conhecer uma perspectiva das coisas e da realidade que empodera e transforma. Úrsula K. Le Guin certa vez disse: “Quando nós, mulheres, apresentamos a nossa experiência como a nossa verdade, como verdade humana, todos os mapas se alteram. Surgem novas montanhas” – é esse objetivo, levar essa nova geografia ao público.

O livro que será discutido no dia 14 de junho, às 19h, será "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão", de Martha Batalha, o livro se passa no Rio de Janeiro nos anos de 1940. Guida Gusmão desaparece da casa dos pais sem deixar notícias, enquanto sua irmã Eurídice se torna uma dona de casa exemplar. Mas nenhuma das duas parece feliz em suas escolhas.

A trajetória das irmãs Gusmão em muito se assemelha com a de inúmeras mulheres nascidas no Rio de Janeiro no começo do século XX e criadas apenas para serem boas esposas. São as nossas mães, avós e bisavós, invisíveis em maior ou menor grau, que não puderam protagonizar a própria vida, mas que ganham voz nessa obra.

A Mediação e Curadoria: Jéssica Carvalho

Feita pela historiadora e leitora apaixonada Jéssica Carvalho, que trabalha com mediação desde 2016, tem a proposta de criar o hábito de expressão da experiência de leitura de cada um, com questões direcionadas ao estímulo da reflexão para além do livro em si, mas para a vida.

Ingressos
Preço
Qtd
Total
  • Comum
    R$20
    R$20
    0
    R$0
TotalR$0

Compartilhe este evento