qui., 28 de jun. | Centro Cultural Artemis

Escritoras e pesquisadoras em roda

A atividade consiste num ciclo de seis encontros cujo formato é a roda de conversa, para possibilitar uma discussão livre de obras de autoras mulheres, cujos textos permitem inúmeras reflexões sobre o fazer literário e a importância da representatividade tanto na literatura em si quanto na pesquisa
A inscrição está fechada
Escritoras e pesquisadoras em roda

Horário e local

28 de jun. de 2018 19:30
Centro Cultural Artemis, R. Dr. Costa Júnior, 216 - Água Branca, São Paulo - SP, Brasil

Sobre o evento

Pesquisadoras e escritoras em roda

Roda de conversa mensal

EVENTO GRATUITO. - Inscrição Necessária.

A atividade consiste num ciclo de seis encontros cujo formato é a roda de conversa, para possibilitar uma discussão livre de obras de autoras mulheres, cujos textos permitem inúmeras reflexões sobre o fazer literário e a importância da representatividade tanto na literatura em si quanto na pesquisa sobre ela.

Somos seis pesquisadoras mulheres interessadas em discutir obras de escritoras mulheres com um público heterogêneo, com o objetivo de propiciar o contato com o texto, suas interpretações e leituras, levando em consideração as contribuições mais diversas, de modo aberto e coletivo. Para isso, propomos um encontro por mês, tendo cada encontro uma das autoras escolhidas como tema.

A partir disso, será possível, além de entrar em contato com a obra, construir coletivamente um conhecimento significativo sobre o estilo, o contexto, as relações presentes na obra e o papel da representatividade feminina na literatura. Nossos trabalhos não estão necessariamente centrados nos estudos de gênero, e acreditamos que é importante que a voz feminina - de autoras e pesquisadoras - seja valorizada e reconhecida em relação a uma amplitude de temas, não se restringindo aos estudos de gênero, por mais que estes sejam essenciais.

No encontro de abertura, explicaremos qual a proposta do ciclo, apresentaremos o cronograma do semestre e conversaremos um pouco sobre a pesquisa em estudos literários (como funciona, quais são os desafios, apresentação das facilitadoras etc).

No de encerramento, após a última pesquisadora conduzir uma conversa sobre a autora que apresentar, faremos uma breve avaliação do ciclo - da qual podem participar pessoas que vieram a um ou mais dos encontros ao longo do semestre.

(já estão confirmadas as conversas sobre Elena Ferrante, Joanne Kathleen Rowling, Virgínia Woolf e Herta Müller)

· Sem pré requisitos (podem ser solicitadas leituras de textos em português em alguns dos encontros, mas não gostaríamos que a leitura fosse uma restrição. Não é necessário ter tido nenhum contato com a obra ou com pesquisa em literatura anteriormente)

Facilitadoras:

Ana Luiza Rocha, Beatriz Masson Francisco, Fabiane Secches, Mariana Almeida, Mayara Freitas, Natasha Magno (cada uma será responsável pela realização de um dos encontros. Pelo menos 3 de nós estarão presentes nos encontros de abertura e encerramento, caso não seja possível a presença de todas)

· Mini​ ​biografia​ ​da​s ​facilitadoras:

Ana Luiza Rocha é museóloga e doutoranda no departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH/USP, no qual estuda as relações entre museologia, museus, literatura e estudos literários. Para a roda de conversa, trará suas reflexões sobre a escritora contemporânea romeno-alemã Herta Müller. É bacharela em Estudos Literários pelo IEL/Unicamp, Mestra em Museologia pelo MAE/USP e, assim como a Bia, contadora e ouvinte das mais variadas histórias.

Beatriz Masson Francisco é professora de pequenos e pesquisadora de literatura para pequenos e crescidos. Mestranda do programa de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH/USP, ela estuda como Harry Potter, série literária escrita por J.K. Rowling, ajudou a formar várias leitoras e leitores em nosso país. Além disso, ela também se interessa em discutir as representações da juventude na literatura e na crítica literária. É bacharel e licenciada em Letras e é contadora e ouvinte de histórias - sejam elas quais forem.

Fabiane Secches é psicanalista e mestranda em Teoria Literária e Literatura Comparada na FFLCH/USP. Integra o Grupo de Pesquisa em Crítica Literária e Psicanálise nesta mesma universidade e atualmente desenvolve a pesquisa “Entre a existência e a inexistência: literatura e psicanálise na obra de Elena Ferrante”

Mariana Almeida é bacharel em Letras pela USP, com ênfase em língua, literatura e cultura italianas. Atualmente, desenvolve pesquisa de mestrado sobre Elena Ferrante, em uma leitura que perpassa estudos de gênero e romance de formação feminino. É professora de língua italiana, mas já atuou na rede pública como professora de língua portuguesa e de práticas de leitura e produção de texto. Também atuou no mercado editorial, editando e produzindo materiais didáticos e de formação de professores.

Mayara Freitas é formada em Estudos Literários pela Unicamp e, por meio de trabalhos editoriais, já ajudou no nascimento de muitos livros. Mestranda do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da FFLCH/USP, pesquisa a construção do olhar de Virginia Woolf como escritora, por intermédio dos diários de juventude e dos primeiros contos da autora inglesa.

Natasha Magno é bacharel em Estudos Literários, Mestranda em Teoria e Crítica Literária, ambos pela Unicamp. Atualmente, desenvolve sua dissertação de mestrado na área de Literaturas Africanas e nos Estudos Pós-Coloniais. É professora de Língua Portuguesa, no ensino médio e superior e tem como principais interesses as literaturas africanas, formação de jovens e professores. Também faz parte da coordenação do GELCA ( Grupos de Estudos de Culturas e Literaturas Africanas do IEL).

· Quórum​ ​mínimo:

5 pessoas

· Quórum​ ​máximo:

25 pessoas

Ingressos
Preço
Qtd
Total
  • COMUM
    $0
    $0
    0
    $0
Total$0

Compartilhe este evento