ter., 08 de mai. | Centro Cultural Artemis

Laboratório Instigante – Transformações

Serão 12 encontros! 8, 15, 22 e 29/Maio; 5, 12, 19 e 26/Junho e 3, 10, 17 e 24/Julho
A inscrição está fechada
Laboratório Instigante – Transformações

Horário e local

08 de mai. de 2018 19:00
Centro Cultural Artemis, R. Dr. Costa Júnior, 216 - Água Branca, São Paulo - SP, Brasil

Sobre o evento

O objetivo do Laboratório Instigante é possibilitar que as participantes se apropriem pela transformação das suas próprias vidas, focando, principalmente, em algo essencial do ser humano que usualmente é negligenciado por técnicas e ferramentas de planejamento de cunho puramente intelectual ou objetivo: o corpo sensível e emocional.

Acima de tudo, a proposta é a instauração de um processo: para ser vivenciado como uma experiência de apropriação e capacitação subjetiva cujo objetivo é investigar os aspectos emocionais e sensíveis que são recorrentes nas questões relacionadas a processos de transformação de vida e da busca da autonomia.

Sempre levando em consideração o fato que cada participante estará focada na sua própria pesquisa, a proposta básica dos encontros é proporcionar um espaço acolhedor, seguro e confidencial para uma discussão absolutamente franca em torno dos temas em investigação, e sobre como eles interferem nos projetos individuais.

Alguns exemplos de questões que serão discutidas pelo grupo:

Quais são as forças emocionais que afetam seu processo de transformação de vida?

O que são, e quais são os desdobramentos de transformações de vida?

Como fica a ansiedade durante o processo?

Como é a sua capacidade de autonomia?

Os relacionamentos pessoais sofrem tempestades emocionais durante o processo?

Como são feitas suas escolhas?

Será que a destrutividade e os auto-boicotes acontecem com frequencia?

Como você lida com as perdas e frustrações?

A depressão é um risco?

A resiliência psíquica é uma possibilidade?

Outras questões serão elencadas pelas próprias participantes durante a realização do grupo.

FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE

===========================

Utilizando a escuta psicanalítica como alicerce, trata-se essencialmente de um trabalho sensível em que, através da escuta e interpretação das angústias e demais afetos do grupo, cada participante possa dar voz ao seu sofrimento, e se reconhecer empaticamente no sofrimento das demais participantes. É através do tratamento destes sofrimentos pelo grupo, que se possibilita algum tipo de mobilização individual para que cada participante tenha condições subjetivas de atravessar a situação traumática, abrindo, desta forma, espaço para que entre em contato com seus desejos, e, consequentemente, inicie o processo de se apropriar pela transformação da sua situação de vida.

Ao promover um processo grupal de aprendizado através desta leitura sensível da realidade, a atividade se oferece como um espaço potencial para a transformação individual, através de uma experiência de grupo.

Contando com um grupo fixo de participantes, o Laboratório Instigante será realizado através de uma bateria de 12 (doze) encontros de 2 (duas) horas, distribuídos durante o período de 3 (três) meses.

Cada encontro é composto por:

(a) Uma breve problematização sobre o tema objeto de investigação;

(b) Seguida de uma discussão entre as integrantes do grupo.

Pelo menos um destes encontros será uma visita a uma exposição de artes em São Paulo.

METODOLOGIA

=============

A metodologia utilizada é o Grupo Operativo desenvolvido pelo psiquiatra e psicanalista Pichon Rivière. Uma ferramenta que promove um processo grupal de aprendizado, através de uma leitura sensível e crítica da realidade, bem como de uma apropriação ativa dessa realidade. O uso da metodologia facilita que diversos conteúdos "não ditos" possam emergir durante as interações do grupo, estimulando nos participantes uma atitude investigativa, e conferindo a esse aprendizado grupal uma potencia transformadora.

Contando com um grupo fixo (e pequeno) de participantes, tem prazo de execução e objetivos previamente definidos através da delimitação de uma tarefa específica. A coordenação das atividades do grupo operativo é realizada por uma psicanalista.

FACILITADORA

============

Débora Andrade: Psicanalista, desde 2005 dedicada ao atendimento clínico de adultos e de adolescentes em consultório particular. Idealizadora e gestora do Projeto Instigar: um convite à reflexão e transformação, sob uma perspectiva psicanalítica. Foi vinculada ao NuPAS (Núcleo de Psicanálise e Ação Social), onde participou como psicanalista em intervenções de grupo de colaboradores e cuidadores em instituições que atendem população em vulnerabilidade social. É egressa de uma carreira de 15 anos em gestão de negócios de consultoria em tecnologia da informação, desenvolvida nas empresas HP Brasil e Terra Networks, onde foi responsável pelo processo de desenvolvimento de capital intelectual e atuou como mentora no desenvolvimento profissional dos integrantes das equipes sob sua gerência. Fez Formação em Psicanálise no CEP-SP (Centro de Estudos Psicanalíticos), Aperfeiçoamento em Psicopatologia Psicanalítica e Clínica Contemporânea no Instituto Sedes Sapientiae, e Especialização em Administração de Empresas para Graduados (CEAG) na FGV-SP. Atualmente dedica-se ao estudo da psicanálise contemporânea, bem como participa, desde 2015, de um grupo de estudos sobre Estética, Arte e Psicanálise.

Ingressos
Preço
Qtd
Total
  • Comum
    R$750
    R$750
    0
    R$0
TotalR$0

Compartilhe este evento